Pages

segunda-feira, 30 de junho de 2008

E para encerrar o arraial hoje tem....!!!


Vergonhosamente a Quadrilha da VASSOURA de Coroatá vai disputar o título de quem roubou mais com a Quadrilha da GUATAMA do Estado. Aqui para essas bandas, a Quadrilha da Vassoura do Município já tem ensaiado bastante. Seus principais componentes são: o atual prefeito LUÍS DA AMOVELAR, o Vereador Walter Santos e a sua esposa Ex-Secretária de Educação, Profª. ARLY GONÇALVES DIOGO DOS SANTOS.
Em se comparando os valores roubados pelas duas quadrilhas, temos a convicta e absoluta certeza que a da VASSOURA, começa levando vantagem pela disputa. Pois, segundo o relatório da CGU, dos cofres públicos do município, foram surrupiados precisamente, R$ 16 milhões de reais. A noiva para ficar de boca fechada recebe sem trabalhar a bagatela de R$ 4 mil reais mensais. Além disso, é professora de ética de uma faculdade particular em nossa cidade. Ocupa o cargo de ASSESSORA ESPECIAL, lotada no gabinete do prefeito, e ainda também, leciona na ESCOLA ESTADUAL LEDA TAJRA. Se Coroatá tem 136 escolas do Ensino Fundamental, e pelo menos oitenta dessas escolas são barracões de palha, de chão batido, paredes de taipa e sem fossas sanitárias, ou seja, apenas uma sala. Não se justifica a compra de 127.580 (Cento e vinte e sete mil e quinhentas e oitenta) VASSOURAS. Isso somente, no primeiro ano do governo, digo; de 2005, do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. Mas se a Ex-Secretária continua? Como é que estaria atualmente a educação do município? Que há muito tempo não anda com suas próprias pernas, vem arrastando-se. Onde gerou uma total insatisfação e revolta, não só por parte da população, mas pelos pais e mães de alunos do município, que dantes possuía as melhores referências, e hoje, estão fadados a essa calamitosa e escabrosa situação que se instalou desde 01 de janeiro de 2005.
.
Postado por Márcio Antônio

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Existe Vereador que acende uma vela pra deus outra pro diabo!!!

Tudo por causa dos interesses contrariados, e quando chegam à época da política algumas mercadorias ruins querem barganhar preço. Dantes as juras de amor eterno e a fidelidade andam juntas. Agora, porque os mimos e brindes não são repassados aos cumpichas, logo procuram chutar o pau do barraco. Essa história a qual estou me referindo é exatamente ao grupo do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. Na tentativa de querer emplacar a candidatura da ex-secretária de educação do município PROFª. ARLI GONÇALVES DIOGO (PR), o vereador WALTER SANTOS (PDT) quer porque quer impor a professora a vice-prefeito na chapa do prefeito LUIS DA AMOVELAR (PDT). O assédio é feito constante também, à DRA. CEIÇA (PTC) que continua reticente, onde vislumbra concorrer às eleições para prefeita de 2008. As visitas do prefeito LUÍS DA AMOVELAR (PDT) são freqüentes à residência da conceituada médica coroataense, porém até o presente momento, o prefeito não logrou êxito. Comenta-se que as articulações envolvem muitos “interesses contrariados”, que foram prometidos pelo mesmo, e não foi cumprido desde da eleição de 2004. Isto é apenas a sinalização do começo da decadência, de um grupo político que está completamente rachado. É o DOZESPERO que bate à porta de cada um deles. E o que nos perguntamos? Qual o interesse por tanta mercadoria ruim, pois às últimas aquisições realizadas pelo PREFEITO, ELE CHEGA A RECONHECER QUE ATIROU NO SEU PRÓPRIO PÉ? E, eu não preciso nem citar mais, os conhecidos nomes dos ilustríssimos PRO-DU-TOS que foram comprados em total PREÇO PROMOCIONAIS!!!
.
Postado por Idalgo Lacerda

O TSE decidiu por 6x1

O artigo 24 da Lei Eleitoral, Nº 9.504/97 que proibia a participação dos pré-candidatos e candidatos a darem entrevistas, debates e encontros antes de 06 de julho, da campanha eleitoral oficialmente começar, foi revogado. Todos podem participar inclusive fazer a exposição de plataformas e projetos políticos, observado, pelas emissoras de rádio e televisão desde que o tratamento seja isonômico, isto é, que todos se encontrem em situação semelhante. O ministro Carlos Ayres Britto, presidente do TSE entende que o político tem que expor a sua plataforma de governo, e que o povo tem direito à informação. O novo artigo, estabelece que as rádios e televisões foram citadas novamente por se tratarem de concessão pública. Os jornais e revistas, por outro lado, não têm essa obrigação.
.
Postado por Idalgo Lacerda

Recordar é viver ou sofrer?

Prefeito de Coroatá chama Cidadãos de Ignorantes

No intuito de não querer colocar em disponibilidade a prestação de contas do município de Coroatá, o prefeito LUÍS DA AMOVELAR (PDT) negou esse direito à Câmara, e chamou os cidadãos coroataenses de ignorantes. De forma suja e baixa, através de uma petição anexada ao processo e redigida por assessores jurídicos “ET-EXTRA TERRESTRE”, inclusive, pagos a peso de ouro, cujas assinaturas não aparecem, e sim, assinada por advogados testas de ferro. Tais argumentos, apresentados pelo prefeito LUÍS DA AMOVELAR (PDT) são verdadeiros absurdos, considerados pelo presidente do TCE – Tribunal de Contas do Estado, o conselheiro EDMAR CUTRIM, afirma: “Isso é um absurdo! Nunca vi isso. Se a CÂMARA MUNICIPAL não tivesse condições de avaliar essas contas, ela não teria sido criada pela CONSTITUIÇÃO”. Nós estamos reportando-nos ao ano de 2006, quando à época, a presidenta da CÂMARA MUNICIPAL era a vereadora LOURDINHA PEREIRA (PDT), que de forma orientada e desastrosa protocolou, diretamente junto ao TCE. Na petição, em anexo, o teor é assustador. Constatamos o total alopramento e destrambelhamento das loucuras cometidas pelo grupo político do AMOVELAR. Leiam: “Dentro da esperada sabedoria do legislador Pátrio, este não vislumbrou, no cidadão comum, o conhecimento suficiente à fiscalização e análise da documentação contábil do ente público e, como não existe nas CÂMARAS MUNICIPAIS no interior do Maranhão um corpo de auditores e analistas para esta finalidade, determinou, no texto Constitucional, que fosse feita a análise pelos TRIBUNAIS DE CONTAS DOS ESTADOS OU DA UNIÃO”, relata o texto de sua DEFESA. Então, a inusitada vereadora e presidenta da CÂMARA, burlou, ultrajou a lei. Não anexou no ato da entrega dos dados, a declaração da CÂMARA MUNICIPAL de que também recebeu a documentação. A recepção do TCE, só recebia a prestação de contas do exercício de 2005, se viesse acompanhada da referida declaração. Portanto, a mesma foi falsificada e isso é crime de falsidade ideológica. O que assistimos, foi uma prova de que ignora a lei. Não respeitou a Câmara Municipal e desprezou a inteligência do povo de COROATÁ.
.
Postado por Idalgo Lacerda

O Senado quer votação plena para projeto contra candidato com “ficha suja”

Tentando evitar a eleição de candidatos que respondem a processos na Justiça, os senadores PEDRO SIMON (PMDB-RS), JARBAS VASCONCELOS (PMDB-PE) E DEMÓSTENES TORRES (DEM-GO) apresentarão ao plenário do Senado, terça-feira, 01, proposta para votação conjunta dos 26 projetos que impedem que candidatos com “FICHAS SUJAS” sejam eleitos. O objetivo dos parlamentares é aprovar no congresso um texto único com regras mais severas para os candidatos a tempo de entrar em vigor nas eleições municipais de outubro. A premissa básica do projeto é impedir candidatura dos políticos condenados em qualquer instância, por crimes eleitorais, corrupção, improbidade administrativa ou pena superior a dez anos de detenção – como homicídios e estupros. Incluindo, no texto; que obriga o Poder Judiciário a julgar processos contra candidatos até a data das convenções partidárias. Desta forma, os políticos que forem inocentados pela Justiça não terão suas candidaturas prejudicadas por eventuais disputas eleitorais. Vale ressaltar, que os parlamentares contam com o apoio de entidades como CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e OAB – Ordem dos Advogados do Brasil. Enfim, a “VIDA PREGRESSA” deve servir de base para um político se torne candidato. Portanto, que as próximas eleições sirvam de exemplos para os futuros gestores públicos. Não tentem enveredar pelo descaminho da gestão pública, porque se não os seus nomes serão maculados, caso em que os TCEs (Tribunais de Contas dos Estados) constarem tais irregularidades e, os seus nomes serão imediatamente vetados pelo Pleno das Cortes dos Tribunais. Quem avisa amigo o é!
.
Postado por Idalgo Lacerda

quinta-feira, 26 de junho de 2008

TRE define o número de vereadores

Apenas cinco Câmaras passaram a ter mais vagas

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acabou ontem com as especulações sobre o número de vereadores nos municípios do Maranhão. Por orientação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Corte baixou resolução definindo a questão no estado. Aprovada por unanimidade, a resolução mantém a atual composição das Câmaras na maioria dos municípios, inclusive na capital São Luís. Só houve mudança em cinco cidades: a Câmara de Zé Doca perdeu um membro (tinha 10 e agora passará a ter nove) enquanto a de Caxias passará de 11 para 12 vagas; a de Barreirinhas subirá de nove para 10; a de Paço do Lumiar aumentará de 10 para 11) e a de Timon, que hoje tem 11 vagas, disporá de 12.
Mês passado, a Câmara aprovou Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que aumenta em cerca de 8 mil o número de vereadores no país.
No entanto, a decisão do TRE do Maranhão se baseia na definição da questão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) feita em 2004, que o Congresso está tentando mudar agora.
A PEC, aprovada em dois turnos pela Câmara, está em discussão no Senado e só deve valer para as eleições municipais de 2012. Pelo texto aprovado na Câmara, os municípios terão de gastar no mínimo 2% do orçamento que dispõe com as Câmaras de Vereadores e, no máximo, 4,5%. Os percentuais variam com base no número
de habitantes e do total da receita arrecadada pelos municípios. Na prática, houve um corte de aproximadamente 50% na definição de gastos.
.
Reproduzido do jornal “O Estado do Maranhão”
.
Postado por Idalgo Lacerda

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Prefeito fez uma Reunião de Bacana na Vila Vavá!!!

Tentaram, mas não conseguiram coisa alguma com os moradores do BAIRRO DA VILA VAVÁ. Os secretários e vereadores do prefeito LUÍS DA AMOVELAR fizeram uma reunião de bacana com os moradores do BAIRRO DA VILA VAVÁ. De várias formas sedutoras e aliciadoras quiseram ter uma reaproximação com o povo de lá. Chegaram a prometer; a construção de creches, fazer o saneamento de esgoto a céu aberto que corta ao meio a vila de ponta a ponta e etc., porém os moradores ressabiados e desconfiados de ouvirem tantas promessas feitas pelo prefeito LUÍS DA AMOVELAR que nunca cumpriu nenhuma delas. Agora, ele vai junto com os seus secretários e vereadores para vaselinar aquela gente humilde, honesta e trabalhadora. A pergunta que faço, é a seguinte: Cadê os R$ 200 mil reais que o PREFEITO LUÍS DA AMOVELAR pediu à Câmara? Todos os vereadores aprovaram a liberação do crédito. O dinheiro foi sacado e não efetuaram a compra da vila. Segundo informações, os “VASELINADORES” voltarão a se reunir novamente, trazendo mais uma enxurrada de mentiras, e diga-se: TODOS A MANDO E A SERVIÇO DO PREFEITO LUÍS DA AMOVELAR. Portanto, aos meus amigos e amigas da VILA VAVÁ, a eleição será no dia 05 de OUTUBRO de 2008, e não, no dia 01 de ABRIL. Sabe qual a minha sugestão musical? Ouçam, a música do ERASMO CARLOS – “PEGA NA MENTIRA” – “Zico tá no Vasco...”.
.
Postado por Idalgo Lacerda

E eu também me dei... Mal!!!

JOSÉ DE SOUZA ROLIM (PSB), o ex-vereador NEUZIMAR ROLIM, como é conhecido no meio político, também é outra estrela, porém decadente. Ocupou cargos e mais cargos, quando esteve do lado da situação e sempre obteve privilégios inusitados. Após sofrer inúmeros assédios pelo grupo AMOVELAR, resolveu de uma hora para outra integrá-lo. Esqueceu o seu posicionamento e a sua fidelidade a quem sempre lhe estendeu a mão. Foi conselheiro nas administrações passadas. Não tinha hora marcada nem audiência para falar ou reivindicar suas pretensões. Hoje, sua voz não tem vez. Segundo fontes, reclama, lamente e diz: “Que se arrependimento matasse, ele já estaria de osso branco”. Lamentamos! Está na lista suja do TCE.
.
Postado por Márcio Antônio

terça-feira, 24 de junho de 2008

Da coluna do Jornalista Waldemar Terr



Da Coluna: Agenda Política - Por Waldemar Terr do "Jornal Pequeno"

.

Postado por Idalgo Lacerda

MPE impugnará os candidatos que estão na lista negra do TCE

Gestores que tiveram contas desaprovadas são considerados inelegíveis.

José Leite Filho afirmou que o MPE não vai considerar o julgamento das Câmaras de Vereadores.

O procurador-regional eleitoral José Leite Filho afirmou ontem que o Ministério Público Eleitoral (MPE) vai impugnar candidatos que estejam na relação de inelegíveis divulgada semana passada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), independentemente deles terem ou não suas prestações de contas aprovadas pelas Câmaras de Vereadores.
O MPE, segundo informou o procurador, analisará os pedidos de registro caso a caso, com base nos acórdãos do TCE sobre as contas do gestor alvo da impugnação.
Ele explicou que, mesmo com aprovação pela Câmara, prefeitos cuja contabilidade tenha sido reprovada pelo tribunal por irregularidades na aplicação de recursos de convênios oriundos de repasses estaduais ou federais terão suas candidaturas impugnadas.
“No nosso entendimento, as Câmaras de Vereadores não têm poder para analisar parecer contrário do TCE em relação a repasse de convênios estaduais ou federais ao julgarem as contas dos prefeitos. Se o Legislativo faz isso é porque está usurpando a competência que seria do TCE ou do TCU (Tribunal de Contas da União). Vamos impugnar todos os candidatos nessa situação”, garantiu José Leite Filho.
.
“LISTA NEGRA”
A Corte de Contas encaminhou semana passada ao TRE a lista de gestores teoricamente inelegíveis. Da relação, que pode ser acessada no site www.tce.ma.gov.br, constam 1.439 nomes, sendo que alguns deles aparecem mais de uma vez.
De acordo com dados divulgados pelo órgão, 65,27% das contas de prefeituras analisadas nos últimos cinco anos foram desaprovadas. Em relação às Câmaras de Vereadores, esse percentual foi de 32,75%, e chegou a 1,25% no caso das entidades estaduais e 0,73% referente a fundos.
Para que uma conta de prefeito seja considerada rejeitada, não basta apenas o parecer do TCE. É preciso que os vereadores também decidam nesse sentido. No entanto, eles fazem apenas o julgamento político. Mesmo que tenha sua contabilidade aprovada
pelo Legislativo municipal, as irregularidades nelas constantes serão atribuídas ao prefeito na Justiça, depois de ele ser acionado pelo Ministério Público.
.
Reproduzido do jornal “O Estado do Maranhão”
.
Postado por Idalgo Lacerda

Programa Olho Vivo no Dinheiro Público!!!

A cidade de Santa Inês realizou na semana passada, entre os dias 16 a 20 de junho, a 5ª edição do programa OLHO VIVO NO DINHEIRO PÚBLICO no Maranhão. Houve a participação de 11 cidades vizinhas. Durante toda a semana, servidores municipais e conselheiros das áreas da saúde, educação e assistência social receberam, informações sobre programas federais em suas respectivas áreas de atuação. A abertura do 5º OLHO VIVO NO DINHEIRO PÚBLICO ocorreu no auditório da Prefeitura Municipal de Santa Inês. A convite da CGU/Regional-MA, diversos órgãos marcaram presença com palestras e apresentações relacionadas ao controle social. O evento foi aberto ao público em geral, o programa contou com a presença de sindicalistas, vereadores, prefeitos e cidadãos em geral. Dos órgãos, a exemplo da AMPEM – Associação dos Membros do Ministério Público do Maranhão, com a campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”; a Secretaria de Fazenda do Estado (SEFAZ), com o Programa de Educação Fiscal; o Ministério Público do Estado do Maranhão, com o Programa “Contas na Mão”; e o Tribunal de Contas da União (TCU), com o Programa “Diálogo Público”. Além de outras informações específicas sobre programas federais executados em âmbito municipal, receberam orientações dos auditores sobre diversas ferramentas que possibilitam o controle social, a exemplo do PORTAL DA TRANSPARÊNCIA, da CGU. Está aí um show ético-político para a melhoria do padrão da nossa sociedade. É assim, que gostaríamos que acontecesse em Coroatá, a exemplo de Santa Inês. Essa sinergia público-administrativa, onde os órgãos que envolvem toda a gestão pública se entrelaçam de forma harmoniosa, clara e transparente sem deixar rastros duvidosos para a população. Mas quando se tratam dos órgãos acima mencionados, podem ter a certeza de que o prefeito LUÍS DA AMOVLEAR, não quer nem ouvir falar, pensar ou sonhar que os mesmos venham à Coroatá. Isso tudo, porque ele sempre diz: “Que tudo deve ser feito sob à luz da lei”. Será?
.
Postado por Idalgo Lacerda

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Onde está o dinheiro? O gato comeu, o rato roeu...e ninguém viu!!!

Perguntamos ao prefeito LUÍS DA AMOVELAR sobre o dinheiro do famigerado Concurso Público que não foi realizado, desde o dia 21 de novembro de 2005. Foram 3.883 inscritos que apostaramas suas últimas fichas e ficaram a ver navios. É mais um caso espúrio, que sinistramente foi orquestrado por sua trupe. Milimetricamente armaram essa arapuca. Os interessados tiveram que depositar a taxa de inscrição diretamente na conta da empresa contratada, na agência do Banco do Brasil S/A. Se levarmos em conta o valor da inscrição arrecadada aproximada, sem ser reajustada é de R$ 220 mil reais. Não está contabilizado a esse montante os custos adicionais, tais como; despesas com transporte, alimentação, xérox, apostilas, fotografia e etc. O que seria bem maior. Até o presente momento, não se ouviu sequer uma resposta convincente vinda da assessoria do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. Inclusive, sugiro aos interessados que façam um abaixo-assinado requerendo os seus direitos junto ao MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL. Está na hora de acionar, estimular e provocar a justiça para que ela faça pender o fiel da balança para o lado de quem tenha razão. Para isso, é preciso perder o medo e ter coragem. Afinal, o governo LUÍS DA AMOVELAR não cantarolou para o povo que a NOVA COROATÁ QUE O POVO FAZ, seria revestida pelo manto sagrado da LIBERDADE e da DEMOCRACIA?
.
Postada por Idalgo Lacerda

Série inédita - Eu me dei Mal!!!

O vereador ZÉ FILHO (PSB), entrou para a política em 1996, quando foi eleito para o seu primeiro mandato eletivo. Daí para cá, ocupou cargo de destaque e de renome no município. Foi reeleito sucessivas vezes, mesmo por manter posições controversas e duvidosas. Quando esteve na oposição, apresentou o polêmico projeto de lei, que combatia fervorosamente o NEPOTISMO, dentro do atual governo municipal, isso quando, era oposição. Logo em seguida, repentinamente, no dia 04 de dezembro de 2006, voltou a ser vereador pela situação. Deixando para trás, as suas convicções político ideológicas, e migra para o grupo político do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. Nos seus “DISCURSOS”, vez por outra deixa bem claro: “ que não tinha e nem tem arrependimento nenhum, em fazer parte do grupo político ao qual, hoje pertence”. O respeitado vereador, geralmente torna-se conhecido na cidade, por achar-se acima do bem e do mal. Porém, esqueceu-se que o preço da traição virá sempre acompanhado de um prato de sopa quente, e que deverá somente ser saboreado, quando comido pelas beiradas, tranqüilamente. Ou ainda: “Nada melhor do que um dia após o outro, e uma noite escura atravessada no meio”. Moral da história! EU ME DEI MAL!!!
.
Postado por Márcio Antônio

Situação Delicada

A repercussão negativa da tentativa de protelação do processo de cassação do Governador Jackson Lago atingiu moralmente ainda mais o vice-governador Luiz Porto. Como pastor evangélico e, por suposto, seguidor dos rígidos princípios cristãos, Porto deveria ser o norte ético do atual governo, desde o início profundamente marcado por suspeitas de desvios de conduta e denúncias de corrupção.
Não é uma situação fácil para o vice-governador do Estado, que ocupa o cargo como representante da comunidade evangélica, curiosamente filiado a um partido, o PPS, que por princípio vê a religião como ópio para o povo. Ele tem se desdobrado para parecer tranqüilo em relação ao processo, mas, à medida que o tempo avança, sua preocupação aumenta.
O problema é que as denúncias de corrupção eleitoral em favor da chapa da “Frente de Libertação”, formada por Jackson Lago e Luiz Porto, são muito consistentes. Entre advogados com experiência nessas refregas eleitorais, é unânime a afirmação segundo a qual, dos sete governadores encalacrados na Justiça Eleitoral, o caso do governador do Maranhão é, de longe, o mais grave, exatamente pela consistência da denúncia e das provas que lhe dão sustentação.
Na primeira oitiva, as testemunhas de acusação confirmaram todo o conteúdo da denúncia. As de defesa se dividiram: algumas não compareceram e as que se apresentaram titubearam e acabaram por fortalecer o que foi denunciado. Agora não foi diferente: as testemunhas de defesa do vice-governador negaram tudo, mas seus depoimentos produziram mais dúvidas do que certezas. Isso sem contar o fato de que a principal testemunha, o ex-governador José Reinaldo Tavares, preferiu ficar em casa, provavelmente orientado a não complicar mais ainda a situação.
Diante de tudo o que vem acontecendo, pode-se supor que o vice-governador encontra-se, de fato, numa situação delicada, prestes ao desfecho.
.
Reproduzido do jornal O Estado do Maranhão
.
Postado por Márcio Antônio

Qual a explicação?

Qual a explicação que o prefeito LUÍS DA AMOVELAR daria a população sobre o FPM do município? Quais foram os investimentos aplicados com esse recurso no município? São essas perguntas e outras mais que deveriam pelos menos o Prefeito prestar com clareza ao povo. Principalmente, esse povo que acreditou numa mudança radical prometida pelo mesmo, e até então a coisa não aconteceu. Segundo informações, do rádio peão, o destino do prefeito LUÍS DA AMOVELAR e do município estar entregue à própria sorte. Existem alguns “financiadores” que possuem uma grande soma de dinheiro nas mãos do prefeito, e que já estão se manifestando pra receber o seu capital mais a remuneração devida. Uns falam que as cifras atingem R$ 2.500 milhões de reais nas mãos de um fazendeiro famoso aqui da região, que quando vem cobrar não quer desculpas. Outros comentam cerca de R$ 1.500 mil reais, nas mãos de um empresário no de combustível. E isso, sem se falar em outros pequenos empréstimos tomados nas mãos de pequenos investidores. Se forem verdade esses comentários, aconselho todo e qualquer investidor e fornecedor da Prefeitura Municipal de Coroatá procurar receber as suas faturas. Caso contrário a situação ficará insustentável, pois até o presente momento nenhum desses financiadores não querem mais apostar numa reeleição duvidosa do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. Cuja rejeição fica a olhos vistos por toda população. Concluímos que o Prefeito só acertou a sua reeleição com a classe dominante, ou seja, com o seu grupo restrito de amigos e, se esqueceu de combinar com o povão. É bom lembrar aos esquecidos; que da mesma foram que: o povo bota, o povo tira!
.
Postado por Idalgo Lacerda

domingo, 22 de junho de 2008

Desvio de verbas - Corrupção marca as gestões do PDT

Uma onda de corrupção alimentada por práticas que já eram comuns na capital do Maranhão desde 1989, quando o Partido Democrático Trabalhista (PDT) conquistou a Prefeitura de São Luís, se espalha pelo interior do estado. Cidades grandes, médias e pequenas de todas as regiões estão sendo transformadas em cenários de obras e compras fraudadas, construções pagas mais de uma vez, compras em alta escala de notas fiscais frias, folhas de pagamento de “mensalões” e lavagem de dinheiro por meio de construtoras de fachada. O PDT do Maranhão é o centro de escândalos em plena época de intensa movimentação da Polícia Federal contra governantes corruptos.
Desde a primeira passagem do hoje governador Jackson Lago pela Prefeitura de São Luís, são registradas as dispensas de licitação sem amparo da lei; as contratações de obras de contenção de cheia em época de seca; a contratação de construtoras “fantasmas”; as compras feitas em lojas de peças inexistentes (uma delas tinha como endereço um pensionato gay, do Anil); contratos de prestação de serviços feitos com familiares; liberação abusiva de passagens aéreas e de diárias de viagem; nepotismo; aluguel de carros de luxo pertencentes a detentores de cargos comissionados no governo municipal; pagamentos a graduados pedetistas por serviços prestados não comprovados e empréstimos de dinheiro do Município a servidores muito próximos (parentes, inclusive) que nunca foram pagos. O mais emblemático de todos os escândalos produzidos pelas administrações pedetistas na Prefeitura de São Luís se deu dentro da Companhia de Limpeza e Serviços Urbanos (Coliseu), sucateada na gestão de Jackson Lago a partir da prática de apropriação indébita dos valores recolhidos e não repassados à Previdência Social, que hoje coloca o Município como uma das entidades que mais devem ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS): o débito passa dos R$ 9 milhões.
A Coliseu, na gestão de Jackson Lago, chegou a transferir clandestinamente 12 caminhões do Município para particulares, por meio da adulteração de editais de leilões públicos. Em 2002, O Estado rastreou os caminhões roubados, localizou 10 deles e publicou onde estavam (três no Amapá, dois no Pará, um em Minas Gerais, dois em São Paulo, um em Goiás e um no Maranhão, em Açailândia). Inexplicavelmente o Ministério Público deixou o tempo passar até que o crime cometido pelo PDT prescrevesse. Os caminhões retirados da Coliseu teriam servido para legalizar veículos similares roubados em outros estados, possivelmente até com ocorrências de latrocínio.
.
CONVÊNIOS
Para chegar ao Governo do Estado o PDT se valeu de uma avalanche de convênios distribuídos pelo então governador José Reinaldo Tavares (PSB), privilegiando prefeitos aliados e entidades civis comandadas por lideranças igualmente afinadas com o projeto de “vencer” a eleição a qualquer preço. No dia do primeiro turno da eleição, a polícia flagrou, em Imperatriz, o vereador João Menezes Filho, pedetista de João Lisboa, com R$ 17 mil em notas de R$ 10,00, R$ 20,00 e R$ 50,00 anexadas a “santinhos” dos candidatos do esquema governista. A Polícia Federal descobriu que a compra de voto se dava com dinheiro sacado da Prefeitura de Porto Franco, também sob administração do PDT. Menezes recebera o dinheiro por conta de uma ponte que só iria construir no ano seguinte.
A utilização dada pelos prefeitos pedetistas aos recursos oriundos da avalanche de convênios de 2006 traduzem a ordem que se estabeleceu no Maranhão de norte a sul: em Serrano do Marahão o prefeito prestou contas, com notas frias, da construção de escolas e da recuperação de 10 unidades de ensino, obras que, sequer, havia iniciado (O Estado denunciou o caso, com farta documentação, em dezembro do ano passado).
.
Em Caxias, o prefeito Humberto Coutinho comprou R$ 500 mil em notas fiscais frias da da P.R. Cardoso, uma empresa de fachada, para abastecer conta bancária de uma empresa pertencente ao filho do ex-deputado Aderson Lago, que foi um dos três candidatos bancados pelo governador José Reinaldo em benefício da eleição de Jackson Lago. O prefeito também alugou de vereadores ambulâncias que nunca existiram; contratou como fornecedor da prefeitura um hospital dele mesmo, por R$ 3 milhões ao ano; vendeu hospital da sua propriedade para o Estado e o sucateou, deixando o curso local de Medicina sem laboratório; contratou construtora em cujo endereço funciona a Funerária Paz Eterna, e, com recursos federais, “comprou” 22 toneladas de carne inexistentes, para a merenda escolar, em época de férias. Todos os casos foram denunciados com documentos, por O Estado e pelo Fantástico, da Rede Globo de Televisão.
.
Em Coroatá o prefeito pedetista Luís Amovelar pagou, em 2006, o sistema de água do Bairro Jordão, que já havia pago integralmente em 2005; pagou duas vezes (e não fez nenhuma) a estrada do Povoado Pau de Estopa e prestou contas com notas fiscais de construtoras de fachada, todas elas em endereços fictícios em São Luís, conforme denúcia feita por O Estado, em 14 de ourubro do ano passado.
.
DESVIOS
Em Codó, o prefeito Biné Figueiredo (PDT), conforme relatórios técnicos feitos por fiscais do Tribunal de Contas do Estado (TCE), desviou R$ 333 mil de recursos de pavimentação asfáltica e pagou parcelas de obras que não foram iniciadas. Em Mata Roma, o prefeito pedetista Lauro Graxal de Albuquerque gastou R$ 1.200.000,00 recebidos da Secretaria de Estado da Saúde, em notas fiscais frias e mensalões entregues a assessores do então candidato ao governo Aderson Lago. O Estado denunciou o caso dia 1º de junho passado.
.
De Bacabal ainda não se tem relatórios técnicos do TCE, mas o conselho que fiscaliza a aplicação de recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) denuncia, com documentos, a farra que o prefeito Raimundo Lisboa (PDT) faz com o dinheiro da educação. Seriam pagas com verbas da conta do Fundeb o consumo de energia elétrica dos semáforos da cidade, da sede da prefeitura, do matadouro municipal, do aeroporto, do estádio de futebol e até de uma loja chamada “Júlia Boutique”. Escolas como a do povoado Engenho podem cair a qualquer momento, mas em vez de consertá-las o prefeito paga “mensalinhos” a aliados políticos e compra combustível que não é do uso do transporte escolar.
.
Em Pedreiras o prefeito Lenoilson Alves (PV) é adversário do esquema governista e os pedetistas da cidade estão fora do poder. Lá o desvio do dinheiro público se vale de uma das mais ousadas modalidades de ataque aos cofres do povo. Donos de clínicas médicas conseguiram falsificar assinaturas do secretário municipal da Saúde e, com elas, golpearam em milhões de reais o Ministério da Saúde. Atualmente o Tribunal de Contas da União (TCU) cobra do prefeito prestações de contas de recursos atravessados pela Secretaria de Estado da Saúde para aliados de Jackson Lago, sem o conhecimento de Lenoílson Alves. O Estado denunciou o caso dia 1º deste mês.
.
Reproduzido do Jornal O Estado do Maranhão
.
Postado por Idalgo Lacerda

Cassação de Jackson - Advogado de Jackson dá “chilique” no TRE

O advogado do governador Jackson Lago, Daniel Leite (foto), deu um verdadeiro “chilique” ontem pela manhã durante a oitiva de testemunhas do vice-governador Luiz Carlos Porto (PPS) realizada no TRE. Daniel se irritou com questionamentos que o advogado Heli Dourado, da Coligação “Maranhão - A Força do Povo, fez à ex-assessora jurídica da Secretaria de Saúde Marlene Costa Machado. Heli queria saber se ela conhecia ou participou de algum evento de campanha do vice-governador.
.
Foi quando Daniel subiu nas tamancas e quis impedir a pergunta dizendo que ela seria capciosa. Heli reagiu dizendo que quem mandava na audiência era o juiz Carlos Santana e só ele tinha poder para deferir ou não o questionamento. A partir daí os dois travaram um forte bate-boca em plena sessão.
.
- O senhor é um forasteiro e araponga. Respeite o Tribunal do Maranhão - disse aos gritos o advogado de Jackson.
.
- Eu faço a pergunta que eu quiser. Você não manda em mim. Daniel, vai gritar com suas negas! Tu queres levar todo mundo no bico, mas comigo não - reagiu Heli, que teve a pergunta deferida pelo juiz.
.
Carlos Santana ameaçou mandar retirar os dois do recinto e pediu respeito.

- Então prenda ele, doutor! - continuou o advogado da coligação “Maranhão-A Força do Povo”
.
Mais calmo Heli gozou com o colega dizendo que se ele é forasteiro, Daniel é minhoca porque só vive na própria terra. Para ele, o que irritou o advogado de Jackson foi o fato da pergunta mostrar que se Marlene não conhece o vice-governador e nem participou de sua campanha, o depoimento dela afirmando não ter ocorrido irregularidade na liberação dos convênios a prefeitos aliados pela Secretaria de Saúde, era “imprestável”.
.
Na verdade, as perguntas elaboradas pelos advogados Heli Dourado, Wilson, Marcos Lobo e Eric Marinho, tirou de sintonia a estratégia montada pelo advogado Daniel Leite para as testemunhas.

O advogado Daniel Leite, na busca de retardar ao máximo o inevitável processo de cassação do governador Jackson Lago, disse que agora vai pedir outra oitiva para escutar as testemunhas que substituirão Humberto Coutinho, João Menezes, Lourival Bogéa, José Reinaldo e Margarete Nogueira.

Por outro lado, Os advogados Heli Dourando, Wilson, Marcos Lobo e Eric Marinho, afirmam que já foi indeferida pelo pleno do TSE outra oitiva.
Incrível foi à chegada do Daniel ao TRE!!! Ele desceu de uma big e pomposa pick-up Touareg, que custa no mercado em torno de R$ 300 mil, e foi embora de num carro popular. Por que será? Seria porque sabe da falácia dessas oitivas? Mas uma coisa é certa!!! Essa defesa do governador está gerando muitos dividendos para os seus defensores!!!
.
Reproduzido do Blog do jornalista Décio Sá com informações do Blog Metendo o Bedelho
.
Postado por Idalgo Lacerda

Salmo do dia 22/06 - Domingo

Deus se levanta para julgar e salvar
.
SALMO 76,9-13
.
Do céu proclamas a sentença: a terra se paralisa de medo, quando Deus se levanta para julgar e salvar todos os pobres da terra. Atingido pela tua ira, o homem te louva, e os que escapam ao castigo te rodearão. Façam votos a Javé seu Deus, e o cumpram, e que os vassalos paguem tributo ao Terrível. Ele deixa os príncipes sem alento, ele é terrível para os reis da terra! O julgamento de Deus é sobretudo justiça, pondo às claras a verdade profunda de cada um: a justiça ou injustiça que cada pessoa tiver praticado. Nesse julgamento, os poderosos, que tentam usurpar o lugar de Deus, serão condenados, enquanto os pobres, massacrados pelo poder e no entanto confiantes no Senhor, serão salvos. ORAÇÃO: Muitos têm medo de ti, Senhor. Tua justiça, porém, é justiça em favor do povo. Os poderosos sim deveriam ter medo do teu julgamento, pois tua justiça resgata a vida dos oprimidos, dos esmagados pelos poderosos. Teu julgamento já está acontecendo em nossa história. Tua justiça é alegria e salvação para os pobres, mas para os poderosos medo e castigo. Para quem te ama, ó Senhor, não há lugar para o medo: é tudo sincero louvor. Amém.
.
Extraído do livro"365 dias com os Salmos", de Paulo Bazaglia.
.
Postado por Idalgo Lacerda

sábado, 21 de junho de 2008

Cassação de Jackson - Testemunhas fogem de depoimento no TRE

Conforme havia antecipado ontem o deputado Marcelo Tavares, o ex-governador José Reinaldo não compareceu à oitiva de testemunhas do vice-governador Luiz Carlos Porto (PPS), que está sendo realizada neste sábado no TRE. Ele ficou chateado porque não foi comunicado que seria arrolado como testemunha.
Marcelo analisa como sendo apenas “mais um constrangimento” para o tio o depoimento. Ele passaria da condição de testemunha para informante (quando o depoente não tem obrigação de falar a verdade) por ser filiado ao PSB e parte diretamente ligada à denúncia de compra de votos nas eleições 2006 – ou seja, o mentor de todo esquema de corrupção eleitoral. “O José Reinaldo agiu inteligentemente porque foi o arquiteto da fraude eleitoral e o silêncio lhe é mais compensador”, afirmou o advogado Heli Dourado, da coligação “Maranhão-A Força do Povo”.
Quem também não compareceu ao TRE foi a filha do ex-prefeito Milton Gomes (Grajaú), Margarete Nogueira. Pai e filha são acusados de desviar R$ 500 mil destinados à Associação do Povoado Tanque para a campanha da “Frente de Libertação do Maranhão”, segundo denunciou o líder comunitário Bento Barbosa Martins. Ela apresentou atestado médico alegando estar com dorsalgia (dor nas costas não especificada). Para Heli Dourado, essa foi só a desculpa que ela encontrou para não comparecer à oitiva.
Das doze testemunhas arroladas no processo pelo governador e seu vice, só compareceram sete. Destas, três foram desqualificadas: Julião Amim e Helena Duailibe, que depuseram em março, e Conceição Cutrim, ouvida neste sábado. Elas prestaram depoimento como informantes. Ou seja, dos 12 depoimentos, só quatro devem ser avaliados pelo TSE quando levar a julgamento o processo de cassação do governador.
Heli Dourado explicou ontem que decisão do ministro Eros Grau determinando que as testemunhas que fugiram do primeiro depoimento - jornalista Lourival Bogéa, o prefeito Humberto Coutinho (Caxias) e o vereador João Meneses de Santana (João Lisboa) – sejam ouvidas deve ser revista por ele na próxima semana.
“Os advogados do governador Jackson Lago levaram o ministro a erro. O TSE havia decidido que as testemunhas deveriam comparecer independentemente de intimação, decisão que foi ratificada no último dia 11 pelo ministro do Supremo Ricardo Lewandowski, em recurso ajuizado por eles. O ministro Eros Grau, que entrou mês passado no TSE, foi informado do equívoco e deve reconsiderar sua decisão na próxima semana”, avaliou.
.
Depoimento
.
Neste momento está sendo ouvido o ex-gerente regional Cristóvão Fernão Ferreira (Pinheiro). O próximo a ser inquirido será o diretor de O Imparcial, jornalista Pedro Freire. Pela manhã depuseram a ex-assessora jurídica da Secretaria de Saúde Marlene Costa Machado e Conceição Cutrim.
Marlene negou o uso eleitoreiro de convênios e disse não ter havido interferência política na liberação desses recursos, apesar deles terem privilegiado as bases eleitorais dos prefeitos que apoiaram os candidatos a governador patrocinados por José Reinaldo. Ela declarou não conhecer Bento Barbosa Martins, o ex-prefeito Milton Gomes e sua filha Margarete, citados no caso do povoado Tanque. “Eu quero saber como se faz esse milagre de assinar convênios sem conhecer as partes”, ironizou Heli Dourado. Conceição Cutrim disse que foi vítima de “armação” do primo, o ex-prefeito Almir Cutrim, o Mimi (Olinda Nova), no caso dos R$ 5 mil que ele recebeu como suposto suborno para passar a apoiar Jackson Lago. Afirmou que foi ele quem a procurou no sentido de apoiar o pedetista.
No entanto, a testemunha se enrolou diante de uma pergunta do advogado Erik Marinho. Ele quis saber como ela fez para tocar a campanha no município depois que os R$ 5 mil foram apreendidos. Conceição Cutrim declarou que após esse fato, o PDT mandou mais R$ 5 mil para ela fazer os pagamentos. Em depoimento à Polícia Federal, a pedetista tinha afirmado que além dos R$ 5 mil apreendidos com ex-prefeito, ela também estava com o mesmo valor. Ou seja, ao todo o PDT destinou R$ 15 mil para a campanha em Nova Olinda.
.
Reproduzido do Blog do jornalista Décio Sá
.
Postado por Márcio Antônio

Cassação de Jackson - TRE ouve testemunhas de defesa

Apenas duas testemunhas de defesa de Jackson Lago ainda não compareceram. Entre elas, o ex-governador José Reinaldo Tavares.
.
Acontece nesta manhã, no prédio do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), a oitiva que ouve as testemunhas de defesa do governador Jackson Lago no recurso que pede a cassação de seu mandato e do vice, Luís Carlos Porto.Até o momento, apenas duas testemunhas não compareceram: Margarete Nogueira, residente de Grajaú, e o ex-governador José Reinaldo Tavares. No caso de José Reinaldo, mesmo que compareça, o depoimento do ex-governador será desqualificado porque ele é filiado ao PSB e diretamente interessado na causa, a exemplo do que ocorreu em depoimentos anteriores de Julião Amim (PDT) e da ex-secretária Helena Duailibe (Saúde), presidente do Diretório Municipal do PSB. Nesse caso, ele iria depor como informante, situação em que o depoente não tem compromisso de falar a verdade. Esse tipo de depoimento não tem relevância nos julgamentos.Em abril deste ano, o TRE já havia realizado audiência para ouvir as 12 pessoas indicadas pelo governador. Porém, somente 9 compareceram. O governador pediu então ao TSE que determinasse que as três testemunhas faltantes fossem ouvidas na audiência em que serão ouvidas as pessoas indicadas pelo vice-governador, no mesmo processo.As únicas testemunhas presentes são: a ex-assessora da Secretaria de Saúde Marlene Costa Machado, a presidente do PDT em Olinda Nova, Conceição Cutrim, o ex-gerente regional Cristóvão Fernão Ferreira (Baixada) e o diretor do jornal O Imparcial, Pedro Freire.A oitiva de hoje será comandada pelo Dr. Carlos Santana, juiz do Pleno do TRE.
.
Informações do portal imirante.com
.
Postado por Márcio Antônio

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Certidões Eletônicas emitidas pelo site do TCE






Clique aqui para emitir as certidões direto do site do TCE

.

Postado por Idalgo Lacerda

Deu na sessão da Câmara, hoje...

Eu não sabia que o vereador GODÔ BRANDÃO (PPS) era Bel. Em Direito. Primeiro, tenho a impressão que o mesmo não acompanha as notícias pela internet. Segundo, a decisão do TCE Tribunal de Contas do Estado está em consonância com os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais), cujo evento realizado nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, os presidentes destes 26 tribunais, confirmaram à exigência de “ficha limpa” para os candidatos que queiram concorrer a cargos eletivos nestas eleições. Inclusive, vereador GODÔ BRANDÃO (PPS), sabe muito é vaselinar, e muitíssimo bem os gregos e troianos afim de que seus interesses não sejam contrariados. Contudo, foi proposto aos presidentes dos TREs que recomendem aos juízes de registro que enviem a relação à AMB (Associação de Magistrados Brasileiros), para que a entidade disponibilize o conteúdo. “O TSE inclusive já firmou um convênio com a AMB neste sentido”. Ou seja, os TREs se comprometeram a facilitar o acesso aos documentos referentes aos pedidos de registro de candidaturas. Reforçando ainda, vereador GODÔ BRANDÃO (PPS), os TREs também são favoráveis à inclusão de um “APELO” aos eleitores, nas próximas inserções institucionais de rádio e TV da Justiça Eleitoral, para que eles examinem a vida dos seus candidatos antes de decidirem seus votos. A bem da verdade, o “VEREADOR-PROFESSOR”, digo; “PRO-FES-SOR” que nunca entrou numa sala de aula nem tão pouco sabe o caminho da escola à qual foi lotado para lecionar, e está prestes aposentar-se IN-DE-VI-DA-MEN-TE. É bom que o vereador GODÔ BRANDÃO (PPS) participasse do programa de TV LUCIANO HUCK, no quadro do SO-LE-TRAN-DO. Somente assim, o seu desempenho seria melhor. Aconselho-o a lê mais para não tornar-se tão ridículo!
.
Postado pro Idalgo Lacerda

FPM - Fundo de Participação dos Municípios

É um recurso próprio e pouco utilizado pelos prefeitos. Esse recurso deve na contrapartida complementar políticas públicas sociais que visem melhorar a qualidade de vida do povo. Desde que o governo Lula assumiu o governo federal, a maioria dos prefeitos brasileiros não fazem a aplicação devida desse recurso, que pelo menos seria 15% dele investido para implementar tais políticas criadas e desenvolvidas pelo próprio governo. É de estarrecer os olhos do povo brasileiro, o caso do prefeito do município de Juiz de Fora (MG), praticado pelo então ex-prefeito Alberto Bejani, ao desviar R$ 200 milhões de reais do FPM. E se não fosse a imprensa noticiar o fato, talvez não viesse à tona, mesmo sabendo-se que o citado prefeito já estivera envolvido em abril último, onde mais de R$ 1.700 mil reais foram encontrados numa mala em sua residência. É muito fácil e simples, quando o caso de corrupção é estourado. E isto é, o salvo conduto para a impunidade, que é a renúncia ao cargo. E não duvidem minhas amigas e amigos, para surpresa nossa, que o dito cujo não venha a ser candidato nestas próximas eleições de 2008. O bem da verdade, segundo o TSE – Tribunal Superior Eleitoral irá divulgar a lista negra que consta o nome dos pretensos pré candidatos às eleições. Em declaração à imprensa, o presidente CARLOS AYRES BRITO, afirmou que o eleitor não é só vítima, como também cúmplice de todos esses desvios de conduta que a todo o momento a população tem conhecimento. Antes de votar, procurar conhecer a vida pregressa dos candidatos. Daí então, votar com segurança.
.
Postado por Idalgo Lacerda

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Prefeito e Câmara de Coroatá gritam S.O.S. (salvem nossas almas)!!!

A preocupação já é demonstrada pelo grupo político situacionista. Corre a notícia, através do rádio peão, que o prefeito LUÍS DA AMOVELAR está bastante preocupado e nervoso, após a divulgação do listão do TCE – Tribunal de Contas do Estado, onde consta o nome do atual vereador e presidente da Câmara ZÉ FILHO (PSB) que está sumariamente inelegível. Segundo fontes, até mesmo os vereadores governistas estão apreensivos e tensos. Comenta-se num provável afastamento do mesmo, da presidência, a fim de que o andamento dos trabalhos da casa não sejam paralisados ou impedidos. Teme-se que o Presidente da Câmara aplique o golpe do calote, decretando de vez, a suspensão do pagamento dos salários dos seus pares e funcionários. Ou seja, o caos estará instalado de uma vez por todas dentro do grupo AMOVELAR. O listão causou insônia e pesadelo, também nos assessores diretos do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. Inclusive, foi convocada uma reunião às pressas para avaliar o estrago político e suas conseqüências que poderão ocorrer. Sabe-se ainda, que ao tomar conhecimento do fato, o vereador ZÉ FILHO perdeu totalmente o controle emocional, chegando a agredir as pessoas que encontrava pela frente, quando as mesmas o informavam da sua INE-LE-GI-BI-LI-DA-DE!
.
Postado por Idalgo Lacerda

TSE determina que Regional maranhense ouça testemunhas do governador Jackson Lago

O ministro Eros Grau (foto), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou ao Regional maranhense que ouça três testemunhas de defesa do governador Jackson Lago no recurso que pede a cassação de seu mandato e do vice, Luís Carlos Porto.
Em abril deste ano, o Regional realizou audiência para ouvir as 12 pessoas indicadas pelo governador; no entanto, apenas nove compareceram.
O governador pediu então ao TSE que determinasse que as três testemunhas faltantes fossem ouvidas na audiência em que serão ouvidas as pessoas indicadas pelo vice-governador, no mesmo processo.
O ministro Eros Grau ressalta que sua decisão é para “tão-somente determinar a intimação das três testemunhas (Lourival Bogeá, João Meneses e Humberto Coutinho)”.
.
Veja a íntegra da decisão.
.
O recurso contra expedição do diploma (RCED 671) foi ajuizado no TSE pela coligação “Maranhão – A Força do Povo”. Por determinação do ministro Carlos Ayres Britto, então relator do processo, as testemunhas estão sendo ouvidas pelo Regional maranhense. O relator atual é o ministro Eros Grau (foto), tendo em vista que Ayres Britto assumiu a presidência do TSE em maio deste ano.Entenda o casoA Coligação “Maranhão – A Força do Povo” (PFL-PMDB-PTB-PV), ligada à candidatura de Roseana Sarney (DEM) nas eleições de 2006, pediu a cassação do mandato do governador alegando que teria havido abuso de autoridade e de poder econômico para captação ilícita de votos, em afronta a artigos da Lei Complementar 64/90 (Lei de Inelegibilidades) e ao artigo 41-A da Lei 9.504/97 (Lei das Eleições) na campanha ao governo do Maranhão.Na ação, denunciam supostas doações irregulares de cestas básicas e kits salva-vidas para moradores da Baía de São Marcos, no município de São José do Ribamar. Também mencionam que teria havido uma transferência de dinheiro público, de mais de R$ 700 mil, para uma associação de moradores do município de Grajaú, em convênio com data de maio, mas cujos recursos teriam sido liberados no período eleitoral, em julho e agosto.A coligação de Roseana Sarney também alude a uma suposta apreensão de R$ 17 mil, pela Polícia Federal, na cidade de Imperatriz, valor que teria sido utilizado para a compra de votos. Aduzem que teria havido distribuição de combustível e material de construção, em infração à lei eleitoral.
.
Informações do site do TSE
.
Postado por Idalgo Lacerda

Programa Tribuna Livre - Nova Versão!!!

A partir do dia 30 de junho, assista à nova versão eletrônica do programa TRIBUNA LIVRE, que estará sendo apresentado e comentado por AÍLSON SILVA. Cujas apresentações dispensam comentários. O apresentador é filho de Coroatá, e conhecido por todos coroataenses. Dono de uma larga experiência no meio da radiodifusão. Trabalhou na RÁDIO CIDADE, como narrador esportista. Durante há bastante tempo foi chefe do departamento de marketing e publicidade das LOJAS A RENOVAR. Recentemente estava como correspondente do GRANDE JORNAL MIRANTE, na cidade de Vargem Grande. Com essas referências, a audiência será mantida no horário nobre do SISTEMA TV CIDADE PRODUÇÕES. AGUARDEM!
.
Postado por Idalgo Lacerda

Do Blog Política.com

CONSTRANGIMENTO
Cena constrangedora nas exéquias da dona Yomar Trovão, sogra do deputado Ricardo Murad, na última terça-feira, em Coroatá: o major Alexandre, candidato a candidato a prefeito da cidade, não teve cerimônia e caiu em campo, em ostensiva campanha política.Ele entrou varias vezes no velório, cumprimentou a gregos e troianos, inclusive este humilíssimo repórter, que nem o conhecia e sequer é eleitor de Coroatá. Só faltou distribuir santinho dele ao lado da honorável senhora.
.
Reproduzido do Blog Política.com
.
Postado por Idalgo Lacerda

Assim caminha a política em Coroatá

Logo em breve os nomes dos candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador serão conhecidos pela população de Coroatá, através das convenções que elevarão o clima político da cidade. A convenção do grupo político do deputado RICARDO MURAD (PMDB) irá acontecer no dia 29 de junho de 2008, domingo, no Clube Central. Os partidos políticos que coligarão são: PMDB, DEM, PV, PTB, PP E PSC. É um clima de grande expectativa aguardado por todos nós. Esperamos que a harmonia e o espírito democrático sejam respeitados dentro do estado de direito. Que cada pessoa possa expressar a sua vontade política e sua liberdade de comunicação e expressão. Portanto, que todos os espíritos e as pessoas estejam desarmados, literalmente falando. Também, aguardamos que a justiça haja com imparcialidade e, procurando sempre; coibir os abusos que por ventura venham ser cometidos pelas agremiações político partidárias que integram esse show da DEMOCRACIA.
.
Postado por Idalgo Lacerda

A Prefeitura não apóia a I Feira Agropecuária!!!

O evento que aconteceu no período de 14/06 a 15/06/2008, frustrou a expectativa da maioria dos criadores da região. Apesar do grande esforço da ACOVICA, do SEBRAE E DO BANCO DO BRASIL S/A, A PREFEITURA MUNICIPAL não colaborou praticamente com nada. Apesar de ter sido um tanto acanhada, o prefeito LUÍS DA AMOVELAR alegou uma série de fatores, pelos quais fora impedido de colaborar com os produtores e organizadores. Através das informações obtidas, a Prefeitura apenas contribui com as palhas de arroz, o capim, guarda - municipais e sistema de som. Como é um ano político, o prefeito LUÍS DA AMOVELAR sempre procura aparecer frente às lentes televisivas e aos microfones do sistema financiado por ele, no afã de tentar melhorar a sua imagem, que a cada dia torna-se decadente. Os acontecimentos agropecuários, nas gestões anteriores eram mais possantes e pujantes, em se tratando da ESCOLA AGRÍCOLA DO MUNICÍPIO que de forma participativa aliava o útil ao agradável, onde o empreendedorismo sinalizava novos horizontes para a consolidação do agronegócio, e assim o nome do município de Coroatá era reconhecido além fronteira. Essa foi mais uma das referências que os coroataenses perderem de maneira significativa. Hoje, é preciso que todos revejam essa situação, para não continuarmos a lamentar.
.
Postado por Idalgo Lacerda

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Sai o Listão do TCE - Presidente Zé Filho está inelegível!!!


Eu disse aqui neste blog, no início do mês que o vereador e presidente da Câmara Municipal ZÉ FILHO (PSB), corria o sério risco de não ser candidato nas próximas eleições de outubro de 2008, e a confirmação oficial vem do TCE – Tribunal de Contas do Estado. Todos os recursos impetrados por ele esgotaram-se. O vereador apenas esperneia. É o JUS ESPERNIANDI. O direito de espernear que tem todo e qualquer cidadão. Desde que foi eleito pela primeira vez, presidente daquela casa, para o biênio 2000-2002, as suas prestações de conta nunca foram aprovadas pelos técnicos do órgão. Essa pendência está baseada no princípio da improbidade administrativa, cuja legislação eleitoral é clara. Há alguns dias, integrantes da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS entraram com consulta no TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL (TSE) para saber se é possível o registro eleitoral de CANDIDATO QUE RESPONDE A IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, A PROCESSO CRIMINAL OU AÇÃO CIVIL PÚBLICA. A diferença do caso do vereador é que sua condenação é definitiva. Ou seja, TRANSITADO E JULGADO. Portanto, sugiro ao vereador que o prato do dia seja: “PEIXE TRAÍRA AO MOLHO ESCABECHE” e o filme “CAÇADO”. Isso tudo, para deliciar-se frente à TV no horário gratuito ELEITORAL. Consta também na mesma situação o Ex-presidente Neuzimar Rolim.
.
Baixe a relação completa no site do TCE


ou abaixo:



Eros Grau manda TCE fornecer cópias de convênios que favoreceram Jackson Lago nas eleições de 2006

O ministro Eros Grau (foto), relator do processo de cassação do governador Jackson Lago (PDT) no TSE, está determinando ao TCE que forneça em 15 dias todas as ordens de pagamentos e valor total total de recursos liberados pelo então governador José Reinaldo Tavares (PSB) aos municípios na campanha de 2006. O ministro atendeu pedido do advogado Heli Dourado, da coligação “Maranhão-A Força do Povo”, que acusa o ex-governador de desviar parte do dinheiro para a campanha do pedetista.
Eros Grau determinou também a remessa ao TSE de cópias da ação eleitoral por compra de votos que tramita em Imperatriz e da Ação Civil Pública do caso do povoado Tanque em Grajaú. A pedido do advogado, o ministro dispensou a quebra do sigilo dos jornais O Imparcial e Pequeno e da Pública Comunicação.
Segundo Heli Dourado, essa providência foi tomada para agilizar o julgamento do processo. “Já temos provas suficientes para cassar Jackson Lago. Essas quebras de sigilo só iam atrapalhar a celeridade processual”, explicou.
.
Reproduzido do Blog do jornalista Décio Sá
.
Postado por Idalgo Lacerda

TSE inclui foto do candidato a vice-prefeito na urna eletrônica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu hoje (17) uma alteração nas informações que serão exibidas pelas urnas eletrônicas nas eleições de 2008. A partir de agora, na tela da urna o eleitor poderá ver também a foto do candidato a vice-prefeito. A intenção do Tribunal é informar melhor o eleitor sobre os candidatos em que ele vota. A mudança foi sugerida pelo ministro Carlos Ayres Britto na primeira entrevista coletiva concedida após a sua posse, no dia último dia 06 de maio. Para o presidente do Tribunal, a inclusão de mais dados na tela atende ao direito dos eleitores de serem melhor informados. “Porque não é raro que os suplentes e vices assumam a titularidade do cargo e, às vezes para sempre, até o fim do mandato, não episodicamente, verdadeira sucessão. Não é chegada a hora também de identificá-lo para o eleitorado?”, perguntou o ministro na ocasião.Na sessão administrativa de hoje os ministros concordaram com a proposta de alteração apresentada pelo relator das resoluções para as eleições desse ano, ministro Ari Pargendler. A questão foi levada à pauta no julgamento das Instruções 114 e 120.
.
Registro
A mudança na tela da urna eletrônica cria também a necessidade de entrega da foto do candidato a vice prefeito no hora de registrar a candidatura. A partir de agora, os candidatos, partidos e coligações que fizerem o registro de candidatura devem incluir além da foto do candidato a prefeito, a fotografia do vice que integra a chapa.No julgamento, os ministros observaram que os candidatos que já se registraram devem ficar atentos à alteração na regra e procurar a Justiça Eleitoral para incluir a foto de seus vices no registro.
.
Informações do site do TSE
.
Postado por Idalgo Lacerda

AL presta homenagem à mãe da ex-deputada Teresa Murad

A Assembléia Legislativa aprovou hoje (terça-feira, 17) requerimento, de autoria do deputado César Pires (DEM), manifestando pesar pelo falecimento de Iomar Trovão, mãe da ex-deputada Teresa Murad, que faleceu na última segunda-feira, 16. Na tribuna, os deputados Afonso Manoel (PSB) e Francisco Gomes (DEM) encaminharam mensagens de condolências à família. “D. Iomar tinha o carinho de todas as pessoas que conviviam com ela”, disse Afonso Manoel. Ele lembrou do período em que Iomar, acompanhada do genro, o deputado Ricardo Murad (PMDB), fazia compras na rede de supermercados Lusitana. Chico Gomes destacou a sensibilidade de Teresa Murad em um momento difícil da vida dele, quando sua mãe, Dinorá Castro Gomes, morreu há dois anos. “Quando comuniquei, na tribuna, a morte de minha mãe, Teresa Murad fez um aparte que me emocionou, frisando o papel de uma mãe que educou 17 filhos”. Gomes disse que relembrou essa passagem com Teresa Murad durante o velório de Iomar Trovão, na manhã de hoje. “Vi o sofrimento da nossa querida deputada e procurei retribuir como se ela estivesse aqui, falando da magnífica mãe que teve e que partiu também para o Reino e para a glória de Deus”.
.
Reproduzido da AGÊNCIA ASSEMBLÉIA
.
Postado por Idalgo Lacerda

terça-feira, 17 de junho de 2008

Adiados novos depoimentos no processo de cassação de Jackson

Após acordo, testemunhas do vice-governador serão ouvidas sábado no TRE

Um acordo celebrado ontem à noite entre os advogados das coligações “Maranhão - A Força do Povo” e “Frente de Libertação do Maranhão” adiou para o próximo sábado, pela manhã, a audiência de oitiva de testemunhas do vice-governador Luiz Carlos Porto no processo em que é pedida a cassação dele e a do governador Jackson Lago (PDT), por ompra de votos nas eleições de 2006.
Apesar do juiz eleitoral Carlos Santana, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, ter informado que a audiência seria realizada hoje, somente ontem o Diário Oficial do Estado trouxe a publicação comunicando oficialmente sobre a oitiva. Com base nisso, o advogado do governador, Daniel Leite, afirmou que a defesa do pedetista estaria prejudicada e pediu o adiamento da oitiva. O advogado Heli Dourado, da coligação “Maranhão - A Força do Povo”, disse que o próprio governo poderia ter agido para atrasar a circulação do Diário Oficial com o objetivo de adiar a audiência. Os dois travaram forte bate-boca ontem no TRE, com acusações e xingamentos de parte a parte.
Depois de muita ponderação, os advogados fecharam um acordo para que a oitiva fosse realizada sábado. O acordo teve anuência do juiz eleitoral e do procurador regional eleitoral José Leite Filho.
“Eu não me desentendi com ele. Foi ele quem se desentendeu comigo”, afirmou Daniel Leite. “O doutor Daniel Leite é um grande advogado. Ele é capaz de rasgar a Constituição, os Códigos do Direito e as leis apenas para sustentar suas teses”, completou em tom de chacota Heli Dourado.

ARROLADOS
De acordo Daniel Leite, se a audiência fosse realizada hoje, como estava marcada, a defesa talvez só tivesse tempo de apresentar como testemunhas o ex-governador José Reinaldo (PSB) e a ex-assessora da Secretaria de Saúde Marlene Costa Machado. As outras testemunhas arroladas pelo vice-governador são o diretor do jornal “O Imparcial”, Pedro Freire; a presidente do PDT em Olinda Nova, Conceição Cutrim; a filha do ex-prefeito Milton Gomes (Grajaú), Bernadete Nogueira, e o ex-gerente regional Cristóvão Fernão Ferreira (Baixada). O advogado do governador tentou, sem sucesso, em recurso ajuizado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mudar as testemunhas, já que muitas delas afirmaram que sequer foram consultadas e ameaçam não comparecer ao depoimento.
Essa audiência será uma das últimas etapas do processo de cassação de Jackson Lago. Depois dela o processo voltará para o relator no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Eros Grau, que encaminha ao Ministério Público Eleitoral para emissão de um parecer e solicita às partes que façam suas alegações finais. A partir daí, ele prepara seu voto e leva a julgamento no plenário do tribunal.
.
Reproduzido do jornal “O Estado do Maranhão”
.
Postado por Idalgo Lacerda

Xô Corrupção!!!

A Controladoria Geral da União (CGU) encontrou diversas irregularidades no ano de 2005, em Coroatá. Fiscalizou, auditou e comprovou indícios de montagem fraudulenta, simulação, direcionamento, dentre outras irregularidades em processos licitatórios. De acordo com as informações da CGU, em Coroatá foram detectados sobrepreço e faturamento, praticados pela Prefeitura, e que também, apresentou notas fiscais frias e roubadas para justificar as despesas feitas em 2005 com recursos repassados pelos Ministérios da Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social. Na Educação, mais de R$ 16 milhões desviados e comprovados; na Saúde, cheques emitidos sem fundos, e não se sabe onde o dinheiro foi parar. Na Social, o CRAS – Centros de Referência de Assistência Social, do Povoado Pau de Estopa, R$ 200 mil desceu pelo ralo de esgoto abaixo. Enfim, todos esses escândalos ficarão mesmo no esquecimento, devido ao PRINCÍPIO DA INOCÊNCIA. Pois, o TSE – Tribunal Superior Eleitoral decidiu que réus e condenados por ação de improbidade administrativa, em processos criminais ou ação civil pública, sem condenação definitiva, podem se candidatar nas eleições de 2008. Portanto, meus amigos e amigas coroataenses, só restam agora, vocês para darem um BASTA a esse paraíso da corrupção que se instalou em nossa cidade, no dia 05 de outubro de 2008. É o único jeito, a única forma. Através do VOTO.
Baixe aqui o relatório completo da CGU sobre Coroatá
.
Postado por Idalgo Lacerda

domingo, 15 de junho de 2008

A Culpa é de São Pedro!!!

Após dez meses que os convênios foram celebrados com o governo do Estado e a Prefeitura de Coroatá, as “OBRAS”, ainda não foram concluídas. Mas tudo por CULPA DE SÃO PEDRO. O prefeito LUÍS DA AMOVELAR ESQUECEU-SE DE ACERTAR COM O SANTO PADROEIRO DAS ÁGUAS, ou pelo visto, o HOMEM DA MALA errou de endereço, e entregou o dinheiro em outro lugar. Passaram-se verões e invernos. Os citados recursos estaduais começaram aportar aos cofres do município, desde 30 de Março de 2007. Primeiro, no valor de R$ 150 mil, para a recuperação de estradas vicinais, nos Povoados: Gonçalves, Laranjeiras, Taboca e Bananal. Segundo, no valor de R$ 80 mil para a reforma da Praça É Nossa. Terceiro, no valor de R$ 80 mil para execução das obras de construção de uma Praça de Alimentação Popular, no Bairro da Trezidela. Quarto, no valor de R$100 mil para a reforma da Praça José Eugênio Farah Rios, no mesmo bairro. Quinto, no valor de R$ 480 mil para pavimentação asfáltica de 4 km de ruas do Bairro Areal. Sexto,no valor de R$ 50 mil para obras de construção de Meio Fio nas ruas do Bairro Novo Areal. Sétimo, no valor de R$ 150 mil para a reforma do Mercado Central. E isso, sem se falar na verba estadual enviada para o São João da Maranhensidade 2008 e o Carnaval deste ano, que estão incluídos no orçamento do município, no valor de R$ 750 mil. Aí entra aquela conhecidíssima história, que a música e letra do cantor SEZO, diz: “QUANDO A COISA TÁ PRETA. EU INVENTO UM SÃO JOÃO OU MICARETA. VOU À BAHIA OU AO CEARÁ. CONTRATO UMA BANDA POR CEM. FATURO POR QUINHENTOS E EMBOLSO QUATROCENTOS. SÓ ASSIM O MEU SALDO BANCÁRIO CRESCE”.
.
Postado por Idalgo Lacerda

Salmo do dia 15/06 - Domingo

Tu me agarraste pela mão direita

SALMO 73,21-28

Se o meu coração se azedava e eu espicaçava meus rins, é porque eu era imbecil e nada entendia. Eu era um animal junto a ti. Eu, porém, estou sempre contigo. Tu me agarraste pela mão direita. Tu me guias com o teu conselho e com glória me conduzes. Contigo, de quem necessitarei no céu? Contigo, nada mais me satisfaz na terra. Minha carne e meu coração podem se consumir: minha rocha e porção é Deus para sempre! Sim, os que se afastam de ti se perdem, tu rejeitas todos os teus adúlteros. Eu, porém, estou feliz de estar com Deus, e em Deus colocar meu abrigo, para contar as tuas obras todas (junto às portas de Sião). Com calma, penetrando no mistério de Deus, o salmista compreende aquilo que à primeira vista era sem sentido. O ser humano é ignorante enquanto permanece na superfície das coisas. Quando, porém, penetra fundo no projeto de Deus, consegue enxergar o destino dos justos e injustos. Penetremos no mistério de Deus, alegremo-nos com ele e nele nos abriguemos. ORAÇÃO: Estar junto a ti é o meu maior bem, Senhor. Tua presença me faz capaz que lutar com aqueles que nada têm por causa do egoísmo de uns. Meu maior bem és tu, mas não posso ignorar tantas pessoas que vivem à beira da morte, por não ter sequer o necessário para viver. Meu maior bem és tu, mas também quero que tu sejas o maior bem de todos. Amém.
.
Extraído do livro"365 dias com os Salmos", de Paulo Bazaglia.
.
Postado por Idalgo Lacerda

sábado, 14 de junho de 2008

TSE decidiu!!!

Candidatos que são réus podem concorrer às eleições de 2008

O PLENO DO TSE – Tribunal Superior Eleitoral, por quatro votos a três, decidiu na ultima terça-feira, 10, que os candidatos que respondem a processo criminal na Justiça podem concorrer nas eleições, independentemente das acusações que pesem contra eles ou das condenações em primeira ou segunda instância por crimes por eles cometidos. Porque isso desrespeitaria o princípio da INOCÊNCIA. Segundo parecer do ministro ARI PARGENDLER, o qual a Constituição Federal deixa claro que até o julgamento final de uma ação, ninguém pode ser penalizado ou culpado. Portanto, meus caríssimos amigos e amigos, candidatos que são réus em ações sem condenação definitiva podem participar e concorrer, diz o TSE. No meu ponto de vista, quanto ao meu entender: vamos rasgar logo todas as leis, pois as brechas deixadas pelas mesmas, tornam-se o salvo conduto para a impunidade. Discordo completamente, que qualquer gestor, agente público que ocupe um determinado cargo na administração, seja tão inocente ao praticarem irregularidades, quando as mesmas comprovam o desvio de conduta desses criminosos que surrupiam o dinheiro público. A bem da verdade, tudo isso acontece, porque o fisiologismo e o corporativismo estão entranhados dentro dos poderes. Afinal, qual a finalidade da existência dos tribunais? A Lei de Improbidade Administrativa, nº. 8.429 de 02/06/1992, editada à época do governo Collor de Mello, e pelo que entendemos não tem aplicabilidade nenhuma, porém se dependermos da vontade política dos políticos que estão no Congresso Nacional, para elaborarem uma lei específica que estabeleça as condições para que tenha o registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral. por atos ilícitos praticados por esses gestores “INOCENTES”. HAJA MAIS CORRUPÇÃO, VIVA A IMPUNIDADE! Seja como DEUS quiser.
.
Informações do site do TSE
.
Postado por Idalgo Lacerda

Esqueceram de mim - I

Foram precisos três anos, cinco meses e doze dias para que o populoso Bairro Novo Areal ganhasse alguma benfeitoria por parte do prefeito LUÍS DA AMOVELAR. O mesmo sabe da altíssima REJEIÇÃO dele no citado bairro. Existe um ditado que diz: “Esmola quando é grande demais, o cego desconfia”. E os moradores daquela localidade estão todos ressabiados com essas benevolências extemporâneas, principalmente quando chegam às eleições. A obrigação dele é a de fazer pelo povo dentro dos quatro anos para qual cargo ele fora eleito, e um direito da população de ser assistida pelo poder público municipal. Dar toda a infra-estrutura, tais como: saneamento básico, esgotamento sanitário, arruamento, calçamento, meio-fio, água de boa qualidade, iluminação pública, escolas, creches, posto de saúde, segurança pública e etc. Ou o prefeito LUÍS DA AMOVELAR se esqueceu das noções primárias para ser um bom gestor, ou então, ele se fez ou faz-se de “louco” para melhor levar essa administração aloprada durante todo esse tempo. E somente agora, às vésperas das eleições, ele resolveu trabalhar não mais do que de repente. É muito estranho! Não? Os moradores do Bairro Novo Areal, melhor dizendo, a população em geral já conhece esse método eleitoreiro. O Bairro da Vila Vavá que o diga, pois já vem sofrendo na pele há bastante tempo. Inclusive, eu sugiro ao prefeito LUÍS DA AMOVELAR que procure assistir aos filmes da série “ESQUECERAM DE MIM I, II E III”. E a vovó já dizia: “QUEM NÃO TEM COLÍRIO USA ÓCULOS ESCURO”. Viu Senhor Luís! O jumento já comeu o seu milho!
.
Postado por Idalgo Lacerda

sexta-feira, 13 de junho de 2008

É Dozespero Total!!!

A situação fica cada vez mais difícil na cidade de Coroatá. Vereadores, Secretários, Diretores, Assessores, Espiões do REI ou qualquer outro ocupante de cargo que tenha a terminação “DOR” estão indo para o DOZESPERO, ou seja, partindo para as agressões físicas, verbais e morais, não se importando para o tipo de violência que desejam praticar. Acham-se ofendidos, pois não admitem que os seus desvios de conduta se tornem conhecidos pela população. Pensam que se encontram acima do bem e do mal. Ameaçam-nos de morte e de espancamento, depois dizem que o DOZESPERO é nosso. E por incrível que pareça, temos a certeza que nenhum simpatizante do grupo político do DEPUTADO RICARDO MURAD (PMDB) jamais foi visto ou envolvido em arruaças ou fazendo ameaças, nem sequer depredando o patrimônio alheio. Á imprensa é facultado o direito de noticiar a informação de forma jornalística, sem difamar, caluniar ou injuriar o cidadão como pai de família, porém os atos administrativos, cujos indícios são notoriamente explícitos, isto é, um direito do povo saber. Muitas outras notícias e informações virão à tona. Se a carapuça cair na cabeça de algum integrante do governo municipal, que procurem ingressar na justiça, e lá será decidido à luz de quem tiver razão e direito. Sempre digo o que seria da Revista VEJA, se a sua editoração fosse aqui à Coroatá. Pelos menos umas cem, quinhentas, mil vezes já teria sido quebrada por vândalos que participam do governo do prefeito LUÍS DA AMOVELAR (PDT). Nós nos mantivemos calmos e tranqüilos, até agora. Apenas ouvimos e não procuramos revidar às violências das quais estamos sendo vítimas DIARIAMENTE. Nós acreditamos e confiamos na população que será sábia e inteligente no momento certo e oportuno de dar sua resposta. Se eles dizem que têm tanta VERBA, porque então, eles se assustam tão depressa com o poder do nosso VERBO? Não temos culpa se Coroatá foi transformado num paraíso da corrupção. Onde a malversação e o desvio do dinheiro público são esbanjados por todos os lados, e acintosamente, e sem nenhum escrúpulo. Fazem mesmo, é questão de externar os sinais de riqueza, sabe-se lá como! Adquiridas em cima da própria desgraça do povo, que a cada dia fica mais pobre e necessitado, tudo por terem acreditados nas falsas promessas da campanha política passada, e que hoje, o slogan administrativo utilizado é: “A NOVA COROATÁ QUE O POVO FAZ”. Como a letra e música do cantor ZEZO retrata bem a cruel realidade da nossa gente: “QUANDO A COISA FICA PRETA, EU INVENTO UMA MICARETA OU COMEMORO O SÃO JOÃO. CONTRATO UMA BANDA DA BAHIA OU DO CEARÁ. ELA COBRA CEM. EU PAGO QUINHENTOS E EMBOLSO QUATROCENTOS E O MEU SALDO BANCÁRIO CRESCE. E ASSIM, O POVO QUE FICA FELIZ. AINDA TEM “BESTA” QUE DIZ: “ÊTA! “QUE PREFEITO BOM”.
.
Postado pro Idalgo Lacerda

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Exclusivo!!!

Baixe ao lado todas as músicas do Exclusivo CD do Coroatá em Debate.
Para baixar, clique no nome da música, aguarde carregar a página e depois clique no botão “Download Now”

Postado por Márcio Antônio

© Copyright 2008 - Idalgo Lacerda.